sábado, 16 de abril de 2016

a lingua tagarela



Era uma vez uma mulher que a vida dela era reclamar. Ela tem que dar uma desculpa para ir à cidade que você tá falando da minha vida? É! mas isso não vai ficar assim! eu termino outro dia!!



FIM             

quinta-feira, 31 de março de 2016

A Boneca Manhosa no país maluco

Imagem


Ela só que fazer  o que ela que derrepente apareceu um arco-íris  só rosa ela pulou na rede mas derrepente uma serpente apareceu a serpente ficou com uma asa uma bola apareceu e também um pé de alecrim prateado com pedaço de chocolate  a serpente ficou furiosa porque a boneca falou que a asa era dela a asa não existiu mais porque ninguém sabia que existia um leão comeu a serpente                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                         FIM            

Imagem
                            

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Minha Poesia



Eu caio
Eu ganho
Lobo e Lobisomem,
Minha cabeça gira
eu pego o oito
e leio sétimo
A poesia entra na minha cabeça
eu fico leve.
Eu sou rosa, ela é vermelha
A boneca fala
a capa é minha
Batatinha frita 1, 2, 3!!!!
Cara de chinês!!!!
A batata é quente,
quando é assim,
a mamãe bota a mão no coração.



terça-feira, 23 de junho de 2015

As conversas na Rua



Sempre que uma mulher queria chamar Marta
ficava só pra falar: olá! eu sou Lúcia!
Existia uma janela que fala com a escada, brincava com iogurte,
Lápis que tem vida não, mais existe.
Viu Eduarda?!?!

Botão tem duas casas no Estado, piada... kkkkk...
engraçado né?
O braço é igual ao Morango? não?
não né!!! kkkk.

FIM




O Passarinho e a Onça Faminta


Por Anna Júlia Gomes Gregório

Era uma vez um passarinho, ele viu uma onça que estava com muita fome, e ele, o passarinho, caiu do ninho; Quando a onça viu o passarinho, disse assim:

 - "Eu não vou comer você! eu sou boazinha! qual o seu nome?"
 - "Meu nome é Fulinho!" - Disse o Passarinho;
 - "Meu nome é Fucalha! - Disse a Onça;

Fucalha chamou Fulinho:

 - Vamos lá! te convido pra tomar um chá!

E ficaram felizes para sempre!

(http://nomundodejuju.blogspot.com.br/)


O Sapo da Boca Grande


Por Anna Júlia Gomes Gregório
Paulo tem sapatos pretos, o urso, que é de pelúcia, viu todos os objetos. O sapo tem boca grande, pega tudo, até a uva que está na geladeira! Ele canta musica e toca violão, e a vaca come capim verde. Valdo sabe tocar violão e assim a música acabou. Mas o sapo tem a boca grande, e não pode ver nada, porque ele pega tudo! O sapo ficou com fome e falou:
- Eu estou com fome!!!!
Ele teve uma ideia:
- Eu vou pra lanchonete!
Ele comeu muito e ficou com a barriga grande, e a barriga ficou tão grande, mas tão grande tão grande que explodiu!!!! Mas a namorada dele falou assim:
- Você está muito gordo! Mas eu te amo!
E viveram felizes para sempre!

(http://nomundodejuju.blogspot.com.br/)

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014